segunda-feira, 8 de junho de 2015

O ÚLTIMO AMANTE





Sob o sol do deserto, Rafael e Cristal se entregam a um amor sem futuro.

Rafael Contreras está ansioso; não consegue esquecer os momentos de amor passados nos braços de Cristal MacLaren. Sai de casa e ouve um barulho.

Fica em silêncio, localizando a origem do som.
Montada em Diablo, escondida pelas sombras da noite, Cristal o espreita.
Mesmo sabendo tratar-se de uma atitude insana, Rafael se aproxima, a ajuda descer do cavalo e a abraça.
“Me toque, Cristal... Quero você, pequeña.” Os dois se amam ali mesmo, tendo a noite como cúmplice. Mas Rafael sabe que muito em breve não a terá mais como amante.
As investigações nas quais trabalha estão para terminar, e elas colocarão o pai de Cristal na cadeia para sempre.

Capítulo Um

O calor era intenso. Os raios do sol castigavam a areia do deserto. Em pleno meio-dia não se notava movimento de qualquer animal: cobras, lagartos e roedores deviam estar escondidos, e nem mesmo uma brisa soprava. Tudo parecia completamente inerte. Viam-se em atividade apenas os habitantes estranhos à região: os homens.
Rafael Contreras encontrava-se quieto e imóvel como a paisagem que o cercava. Um boné de beisebol protegia-lhe a cabeça do calor intenso. Sua atenção voltava-se para os seis rapazes que se aproximavam.
Eles pareciam bastante jovens, beirando os dezesseis anos. Não haviam percebido que o patrulheiro da fronteira os observava. Entusiasmados, conversavam em espanhol. Um deles contava sua última aventura amorosa com uma garota cujo pai não se mostrara muito amigável. Os outros riam.
A alegria desapareceu completamente dos seus rostos quando viram Rafael Contreras. Nenhum deles tentou qualquer movimento de fuga: já sabiam o que deveriam fazer. A viagem para o norte tinha terminado após poucos quilômetros além da fronteira. Não havia com que se preocuparem; ao menos a viagem de volta lhes seria garantida.
O patrulheiro mantinha as mãos soltas ao lado do corpo, mas não tinha a intenção de pegar o revólver. Conhecia os rapazes que o encaravam já de outras tentativas: não havia perigo algum. Retornariam a San Ignacio, e outro dia fariam nova tentativa. Ao contrário de outros estrangeiros sem documentos surpreendidos pela patrulha de fronteira, estes seis não pareciam tão desesperados para buscar uma vida menos sacrificada nos Estados Unidos.
Rafael Contreras conhecia bem os motivos que levavam os imigrantes clandestinos a cruzar a fronteira, pois já vivera a fome e a pobreza extremas. Várias vezes, há vinte anos, fizera o mesmo trajeto desses homens. No entanto, tivera mais sorte: apenas uma vez fora apanhado.
Muitos imigrantes o amaldiçoavam, mas ele não se importava. Entendia suas razões, mas também compreendia que os Estados Unidos não poderiam abrir suas fronteiras a todos. Tinha a função de impedir a entrada no país de quantos estrangeiros clandestinos pudesse.
Rafael trabalhava há dez anos como patrulheiro, os cinco primeiros anos em San Diego. Ali vira muitos negócios ilícitos envolvendo tráfico, assaltos e policiais corruptos. Habituara-se à violência e à rudeza do lugar.
Agora trabalhava no deserto, no sul do Novo México. E gostava muito de lá; do calor, do silêncio, da terra estéril. Sentia-se muito bem sozinho, e ali havia muitos lugares para onde podia se retirar, isolando-se de todos.
Jim Stone colocava os rapazes dentro de um furgão da patrulha.
— Tudo certo, Rafe?
A maneira de Jim Stone o chamar irritou-o um pouco, mas Contreras resolveu não reclamar. Muitos homens com os quais trabalhava não falavam o espanhol e não se importavam muito com a maneira correta da pronúncia das palavras estrangeiras. Pareciam ter dificuldades em pronunciar seu nome, que saía-lhes como Ra-fell. A abreviação Rafe tornava-se inevitável, mas não o agradava de maneira alguma.
O último rapaz a entrar no furgão foi Eduardo, um garoto de dezesseis anos, que olhava fixamente para o patrulheiro, rindo.
— O senhor anda sumido!

Um comentário:

  1. No início foi muito enrolação, mas depois ficou bom, mocinha sabe o quê quer e muito decidida .😘😘😘

    ResponderExcluir